(67) 3321-4288
contato@igrejabatistacentral.net

Sobre Nós

O PROPÓSITO DA IBC

A igreja é uma comunidade de adoração, testemunho e trabalho. Em outras palavras, a igreja deve adorar o Senhor, evangelizar o mundo e edificar seus membros. É comum entender-se o segundo e o terceiro propósito da igreja como extensões do primeiro. Testemunhar e ministrar uns aos outros são, em certo sentido, atos individuais de adoração. Assim, duas outras maneiras de adorar a Deus é ganhar pessoas perdidas e ajudar o povo de Deus. Tudo aquilo que o Novo Testamento prescreve à igreja entra em um desses três propósitos. Vamos examinar esses três propósitos mais detalhadamente.

 

1.  Adoração

A igreja é uma comunidade redimida de pecadores para adorar a Deus em Cristo. Adoração é a honra e o culto dirigido a Deus. Adorar a Deus é atribuir-lhe o valor supremo do qual somente Ele é digno. Estamos adorando a Deus quando nos damos completamente nas ações e atitudes da vida.

 

2. Evangelização

O segundo grande propósito da igreja é evangelizar o mundo perdido. A evangelização não está limitada aos que têm dom ou aos líderes da igreja, pois é uma missão para todos os cristãos. O cumprimento desse propósito segue duas modalidades. A primeira é o contato com os perdidos da vizinhança imediata. A segunda modalidade é alcançar os de regiões distantes, o que implica no comissionamento de homens especiais com a missão de levar o evangelho às partes remotas da terra.

 

3. Edificação

O terceiro propósito da igreja é edificar-se pela interação dos vários membros do corpo de Cristo. A função do cristão é edificar ou construir espiritualmente os companheiros no corpo. O Novo Testamento registra que o Senhor deu a cada crente um dom espiritual inigualável, o qual não se dirige ao crescimento pessoal, mas à contribuição e desenvolvimento espiritual dos companheiros cristãos.

 

4. Ordem de Prioridades

A Bíblia estabelece uma ordem de prioridades: (1) adoração e (2) evangelismo e edificação. Evangelismo e edificação é uma decorrência maravilhosa e necessária da adoração. A igreja possui frequentemente muitas atividades e pouca adoração. Somos grandes em ministério e pequenos em adoração. Somos desastrosamente pragmáticos. Somos Marta em excesso e Maria de menos. Estamos tão envolvidos no fazer que perdemos o ser. Somos programados, informados, planejados e ocupados – mal cultuamos! Temos nossas funções, nossas promoções, nossos objetivos, nossos esforços voltados para o sucesso, preocupados com números, tradicionais e até passageiros. Porém, é muito comum nos escapar um culto aceitável, verdadeiro e espiritual. Anos atrás, A. W. Tozer chamou o culto de “a joia perdida da igreja”. Se ainda estivesse entre nós, tenho a certeza de que ele reiteraria tal afirmação.

 

Missão

Visão

Valores

Pastores

Johannes Janzen

Pastor
At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet

Fridolin Janzen

Pastor
At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet

Diretoria

Johannes Janzen

Presidente
At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet